Cultura Popular Algarvia

Cultura Popular Algarvia
17-Jan-2017

A alma de um povo passa também pela sua cultura, e a alma algarvia está presente em diversas manifestações culturais. Abaixo apresentamos algumas das atividades culturais tradionais da região algarvia.

 

Grupos de dança tradicional

O movimento acelerado da música e o colorido dos trajes são a alegria do folclore algarvio, enriquecido pelas sucessivas invasões, e viagens empreendidas pelos algarvios de espírito aventureiro.O “corridinho”, o “baile de roda” e o “baile mandado”, em que os dançarinos executam os movimentos que lhes dita o “mandador”, são as danças que melhor identificam o Algarve. Ouve-se o tilintar dos ferrinhos, o acordeão solta as notas endiabradas e os pares rodopiam até não se ver mais senão pernas trepidantes, que seguram coroas de saias, e saiotes a levantarem voo.Se as danças populares do Algarve são um corrupio, já certos cantares tradicionais apresentam uma faceta bem diferente da alma algarvia. É o caso das cantigas de trabalho, como as “leva-leva” dos pescadores, ou das cantigas que acompanham o ritmo da ceifa, nos campos. Há ainda as canções de embalar e os romances, que podem ser lentos e arrastados ou vivos como marchas. Normalmente, as letras são adaptadas ao tempo e às circunstâncias em que se cantam.

 

Cerâmica Algarvia

Outrora insubstituíveis nas lides do dia-a-dia, os cântaros de asas assimétricas, que lembram ânforas romanas, ganharam nova vida. Velhas formas são agora embelezadas com desenhos estilizados ou jogos de cores quentes que as transformam em bonitas peças de decoração. Ainda importantes, mas sem quebrar a tradição e a utilidade, mantêm-se os artigos destinados à construção (telhas, ladrilhos e chaminés) e os alcatruzes – artefactos utilizados na pesca do polvo.Por todo o Algarve, mas especialmente no litoral, é fácil encontrar bons exemplares da arte oleira. O concelho de Lagoa, por exemplo, é conhecido pelas peças pintadas em tons de azul. Em Porches, produz-se a mais conhecida cerâmica do Algarve, e na região de Almancil encontramos o maior centro produtor de louça regional, que se distingue pelos seus desenhos. Em Lagos, continuam a reproduzir-se as chaminés algarvias, além dos cântaros, telhas, alcatruzes, pratos, jarros e potes.Já o fabrico de azulejos, decorados com motivos florais e pintados com diversas cores, é assegurado por artesãos espalhados por todo o Algarve.


Últimos Posts


10 Sítios a visitar em Albufeira


Dicas para conhecer e saborear o Algarve


Verão no Algarve: Julho em festa


Onde beber os melhores cocktails no Algarve


Wine Tasting @ Aqua Pedra dos Bicos

Subscrever Newsletter